terça-feira, novembro 01, 2005

Ars Culinarae

Conectado por meio de um adaptador no mesmo botijão que alimenta o forno comum, há aqui em casa um pequeno forno. Seu formato é quadrático e é da largura de cerca de um palmo e meio. É composto de duas chapas de aço, uma fixa, em contato direto com a flama e outra móvel, que funciona como tampa, e na qual há um cepilho de madeira. Se ascende por meio de um orifício na parte frontal, que conduz a uma boca de gás, em formato circular, proporcional ao tamanho da chapa. São duas as intensidades da chama, ajustáveis por meio de um botão, localizado ao lado do orifício pelo qual se ascende o forno: alta e branda. Na chapa não se usa óleo para o preparo do que quer que seja. Depois de limpá-la com um papel toalha umedecido em álcool, põe-se nela o hambúrguer, o presunto, o queijo, o bacon, o ovo, a carne, a charque, a calabresa, et cetera, et cetera, e, com a ajuda de uma espátula com lâmina de alumínio e cabo de madeira, se vai misturando e revirando os ingredientes, que vão dentro do pão ou acompanham o cuscuz.

A propósito, eu não lancho mais em Lindo Olhar.

5 comentários:

Ulisses Vieira disse...

Bem, o forjamento metodológico e constitucional do seu forno é bastante prátrico e multifuncional. O que me chamou mais a atenção foram as escassas opções de veiculação do conteúdo inflamável(gás). Um dia ainda há de se obter um ganho maior na externação deste, e "um leque de opções maior para o consumidor adequar a intensidade da chama ao seu propósito final.

Norma disse...

Oi, Márcio! Gostei do ecletismo do blog! O poema do Pessoa é mesmo lindo e as sugestões de links estão ótimas. Abração!

bega disse...

Iai grande? Tempão sem notícias... encontrei com Adenes hj... msms comentariozinhos daquela época, continua não gostando d Stênio et cetera (by Márcio)...

A propósito, o que diferencia Lindo Olhar de Márcio's lanches a falta de frango ou do suor de MiMi?

FLWWWWW

Márcio S. Sobrinho disse...

Essa foi uma das coisas que me levou a comprar essa chapa; suspeitei que vez em quando, esbaforido pelo calor do forno, o sujeito que prepara o lanche em Lindo Olhar passava o indicador pela testa, à moda de um pára-brisa, e depois salpicava a trilha de suor na chapa: daí porque o bacon é tão salgado...

Paula Theotonio disse...

Hahahahaha!

Quando serei chamada para lanchar em sua casa, Márcio Quérido?