quinta-feira, dezembro 21, 2006

Sobre ser Romântico

Se uma mulher me pedir:
-- Quero que subas até ao 10º andar pelas escadas e de lá do alto quero que grites que me amas; se uma mulher me pedir isto, é claro que eu não vou subir a lado nenhum, nem gritar nada -- que não sou de gritos -- mas de certeza que lhe vou dar um beijo.
Elas não resistem a isto.

Ser romântico é dar beijos em qualquer situação.
Elas pedem-nos uma outra coisa e nós zau: um beijo.

Elas choram e nós zau: 1 beijo.
Riem à gargalhada e nós, zica: 1 beijo.
É assim:
beijos, beijos, beijos.

Sou romântico, mas não sou palerma.
Subir de escadas até ao 10º andar por causa de uma mulher?
Nem pensar.


(TAVARES, Gonçalo. O homem ou é tonto ou é mulher. p.71-72. Casa da Palavra, 2005.)

7 comentários:

Nagel disse...

Dei umas boas risadas. Bastante instrutivo.

Abraços.

LeNildo Ferreira disse...

Pq o assunto???

Márcio S. Sobrinho disse...

nagel, esse livro é cheio dessas resenhas, depois vou postar uma outra aqui.

nildo, como assim pq o assunto? isso é algo da vida, do dia-a-dia :p

Paula Theotonio disse...

hahahahahaha

Jornalismo Paraibano disse...

Algo da vida, é??? Do dia-a-dia?? Sei, tá bom... to veno... o caba só se passa a bulir com essas coisas aí, quando tem algo bulindo c o caba...

Jandy disse...

Quando se ama alguém verdadeiramente aprendemos que fazer alguns sacrifícios vale a pena e os fazemos muitas vezes sem pensar muito.

Everson Cavalcante disse...

Muito boa essa postagem.
Meus parabéns.